Será Arte ou escândalo esse vídeo?

31.3.10

Uma mistura de emoções me pegaram quando assisti o video clipe, "Windows Seat“,  da primeira música de trabalho do novo albúm de estúdio da Erykah Badu, o “New Amerykah Part II: Return Of The Ankh“.  O albúm e o novo clipe tinham previsões para serem lançados até este fim de Março, mas a música disponível, desde Fevereiro deste ano, eu já tinha ouvido em uma versão ao vivo e achei o máximo o som!

O clipe se trata de um ato artístico e demosntrativo da comoção pelo assassinato do presidente John F. Kennedy, em 1963, morto ao passar de carro na mesma praça onde Erykah encenou sua morte ao final do clipe após o efeito sonoro de um tiro de fuzil.
A morte do presindente causou muita comoção e Erykah queria lembra do fato occorido em 63 naquele mesmo local para ela considerado o mais sagrado e especial de Dallas, a praça Dealey.
Porém, o vídeo num geral levou a espanto e polêmicas entre internautas, população de Dallas e repercutiu em notícias pelo mundo.
O ato de andar pelas ruas de Dallas em pleno movimento e ir se despindo ao longo do caminho, causou alvoroço, indignação de muitos e curiosidades de outros que acompanharam a gravação em plena luz do dia. Isso poderia ter levado Badu - nascida em Dallas - para a cadeia por indecência pública. Já que a cantora não pediu autorização para as filmagens.

Erykah contou que quis despertar interesse por um termo dos anos 1950, "groupthink" (pensamento de grupo), que seria sobre como alguém teme expressar-se por  sofrer rejeição por parte do público maior e completa que quando caí ao chão no vídeo, a palavra 'groupthink' derrama para fora de minha cabeça, porque eu fui assassinada pelo 'groupthink". 
Seu novo som fala sobre "libertar-se de camadas e camadas de pele ou demônios".


Badu disse que as filmagens não foram muito bem planejadas, com o produtores, simplismente se muniram de um valor caso a cantora fosse presa e filmaram naturalmente, preocupados com a policia ou alguma imterrupção e ao final sumiram da cena das gravações.  O vídeo foi comentado de mau gosto por muito dirigentes e internautas que vivem no Dallas, porém a quem considerou uma intervenção artítica inspiradora.

* Agora...O que eu achei? Não sei bem, sempre adorei Badu e sua poética na música e na vida, o clipe ainda me impressiona e é isso, pra mim é uma polêmica artística dessa cantora maravilhosa e teatral de 39 anos de lindos olhos verdes. 
*Capa do novo albúm ( Linda essa arte não? Amei)*

You Might Also Like

2 Recados,

  1. Curto muito Erykah Badu, adoro o som dela e adoro mais ainda sua videografia!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images